sábado, 5 de junho de 2010

Givanildo dos Santos Ferreira, pároco de São Pedro de Alcântara, Brasília




Eu sei que senhor, padre Givanildo, é um ilustríssimo desconhecido padreco de uma paróquia perdida de Brasília, e nem merecia as poucas linhas que lhe dedico, mas suas palavras idiotas servem bem para ilustrar uma certa forma de pensar de muitos amigos seus, católicos e evangélicos, principalmente. Sua paróquia toca sino para chamar os fiéis e enche o saco de todo mundo ao redor, que não é obrigado a ouvir isso, em suas casas, num claro desrespeito que os senhores religiosos têm para com as pessoas que não seguem suas crenças absurdas. Igrejas não são lugares sagrados, senhor Givanildo e senhores pastores: igrejas são lugares construídos de tijolos e cimento como qualquer bar, boate ou casa de espetáculo. Aliás, suas igrejolas são mais casas de espetáculo do que exatamente templos de culto, já que o deus de vocês é surdo e exige barulho para ser ouvido. E quando as pessoas reclamam, senhor Givanildo e senhores pastores, os senhores vêm com o papo estúpido de perseguição religiosa, como se todo mundo fosse obrigado a suportar o barulho que os senhores fazem. Por isso, senhor Givanildo, por ter dito que a multa imposta pelos órgãos públicos de Brasília como acinte ao (abram-se os parênteses para o idiota do padreco) nosso direito à liberdade de manifestação religiosa (fechem-se os parênteses!), e por ter-se referido, ainda, na mesma frase, a (abramos de novo os parênteses) guerra santa contra um herege (fechem-se de novo os parênteses), como se todo mundo que não concorda com o barulho estúpido que vocês fazem fosse um herege que mereceria (se ainda estivéssemos na época da santa inquisição) a fogueira, desejo que o senhor VÁ LAMBER SABÃO para limpar a sujeira de seus pensamentos e de sua estupidez, senhor Givanildo, padreco de Brasília, tocador de sino e, quiçá, de outras coisas mais, no escurinho da sacristia, sabe-se lá com quem!

2 comentários:

  1. Apesar de sermos ateus, ou não, pela graça de Deus, mande as pessoas laberem sabão, chupar prego, pentear macaco, catar coquinho, chutar bunda de frango, mais vezes.!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo5.6.12

      Filho de uma égua, você respeite a Igreja Católica ouviu?
      se uma igreja tem sino ele tem que ser tocado todos os dia em qualquer hora.
      Se tem algem que presisa lanber sabão são vocês que não respeitão à igreja.
      E se quiser dizer mais alguma coisa contra min ou contra a igreja, não poste comentários pois eu não tenho tempo para ler besteiras.
      Se você tiver coragem, não reclame nos sites não reclame pessoalmente a mim.
      Venha me enfrentar, eu toco o sino na capela de Santa Luzia em Rafael Fernandes-RN, venha reclamar comigo pessoalmente se tiver coragem.

      E a foto que vocês colocaram na parte superior da página, vocês peguem ela e cologem dentro do seu oco.

      Excluir